Petição Pública

Ajude-nos a proteger a Floresta Nacional de Ipanema contra as barbaridades que a ameaçam! Assine a petição e compartilhe com seus amigos!

Vamos juntos!

http://www.avaaz.org/po/petition/Ministerio_do_Meio_Ambiente_Governo_Federal_Salvem_a_Floresta_Ipanema/?nDiCkdb

Anúncios
Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

FLONA

Floresta Nacional de Ipanema

Criada no dia 20 de maio de 1992 pelo Decreto Federal nº 530, a Floresta Nacional de Ipanema é uma Unidade de Conservação Federal, administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio, do Ministério do Meio Ambiente.

Localizada a 120 km da cidade de São Paulo e abrangendo parte dos municípios de Iperó, Araçoiaba da Serra e Capela do Alto, sua criação inseriu-se no contexto da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, a Eco-92 e seu aniversário de 20 anos coincide com a Conferência Rio+20. A missão da Flona de Ipanema é proteger, conservar e restaurar os remanescentes de vegetação nativa do domínio de Mata Atlântica, especialmente o Morro Araçoiaba, e seus ambientes associados, seus atributos naturais, históricos e culturais, promover o manejo florestal, o uso público e ser referência em integração socioambiental, pesquisa e disseminação de conhecimentos.

 

Abrigando hoje cerca de 69 espécies de mamíferos, 343 espécies de aves, 27 espécies de répteis, 36 espécies de anfíbios e 37 espécies de peixes, a heterogeneidade ambiental da Floresta Nacional de Ipanema ganha maior importância por se situar numa área de tensão ecológica, entre Cerrado e Mata Atlântica.

A Flona também guarda testemunhos da história, com sítios arqueológicos anteriores à chegada dos colonizadores, que estão protegidos pela mata densa do Morro Araçoiaba, um fenômeno geológico, de formação vulcânica, com grande diversidade mineral, sendo a magnetita o minério predominante e utilizado para a fabricação de ferro na Real Fábrica de Ferro São João de Ipanema, criada por D. João VI, em 1810, mas conhecida desde o século XVI, quando a expedição de Afonso Sardinha e seu filho resultou na construção de duas forjas, em 1589, reconhecidas pela Associação Mundial de Produtores de Aço como a primeira tentativa de fabricação de ferro em solo americano.

Aberta ao público desde 1998, as atividades de visitação realizadas na Flona de Ipanema têm nos fatos históricos seu principal eixo temático, e normalmente são associadas às visitas aos monumentos do Sítio Histórico. Essas atividades são complementadas com percursos de caminhadas em trilhas naturais, sobretudo na Mata Atlântica, e de recreação na área de lazer, onde podem ser encontrados quiosques, playground e um circuito de arvorismo (atualmente fechado para manutenção).

Desde 2009 a Flona de Ipanema abriga as instalações da Academia Nacional da Biodiversidade – Acadebio, cuja ideia era defendida há anos pelos servidores e que somente se concretizou com a criação do ICMBio.

 

Categorias: FLONA | Deixe um comentário

MANIFESTO DA COALIZÃO EM DEFESA DA FLORESTA IPANEMA

A COALIZÃO EM DEFESA DA FLORESTA IPANEMA é um grupo supra-partidário, formado por entidades da sociedade civil, movimentos sociais, coletivos, cidadãos e cidadãs das cidades que formam a região Sorocabana, que estão absurdamente indignados com o poder público e suas irresponsabilidades gerais. Em pauta está uma das principais reservas ambientais da região, a Floresta Nacional de Ipanema, que vem sofrendo muito na mão de governos comprados ou incompetentes e empresas gananciosas que não enxergam um palmo a frente de seus narizes, ofuscados por seus mesquinhos desejos egoístas de sucesso, poder e lucro a qualquer preço.

Entre as diversas idiossincrasias estão:

  • A recente aprovação da INSTALAÇÃO DE MAIS UM REATOR ATÔMICO EM ARAMAR, IPERÓ/SP, em um local vizinho à FLONA;
  • As outorgas públicas que concedem à duas grandes mineradoras o direito de explorar as reservas minerais presentes no subsolo da reserva;
  • O uso da Floresta de Ipanema como campo de treinamento de tiro;
  • A insistência da Prefeitura de Sorocaba em instalar dentro da reserva um aterro sanitário;
  • O tratamento aos assentados desde 1992 na Fazenda Ipanema, como “invasores”, por diversos órgãos como o IBAMA e o ICMBio;

Como assim não pode ter camponês reflorestando áreas degradadas a partir de técnicas agroflorestais – que são as mais avançadas tecnologias da agricultura ecológica -, mas podem explodir tudo para extrair minério, deixando rastros de destruição e contaminação durante o processo, podem jogar lixo indiscriminadamente e fazer experimentações nucleares sem a mínima cerimônia? Não, não pode! Não passarão!

SOMOS DEFINITIVAMENTE CONTRA: 

  • A exploração de minério na FLONA (ou em qualquer outra área preservada);
  • O desenvolvimento de tecnologia Nuclear em solo brasileiro (ou em qualquer outro território do planeta);
  • A instalação de um aterro sanitário na FLONA (ou em qualquer outro local);
  • O tratamento preconceituoso empregado aos camponeses assentados na região (ou a qualquer outra pessoa ou grupo social);

SOMOS ENTUSIASTICAMENTE A FAVOR:

  • Da reforma agrária, da agricultura familiar e da produção agrícola de base ecológica;
  • Da permanência de campesinos, assentados, quilombolas, indígenas e demais povos tradicionais em Áreas de Proteção Permanentes (APPs), com a devida assistência técnica para que o manejo florestal e agrícola seja totalmente ecológico e restaurativo;
  • O desenvolvimento de atividades de ensino e pesquisa dentro das APPs e com a comunidade de seus entornos;

“No começo, pensei que estava lutando para salvar as seringueiras. Depois, pensei estar lutando para salvar a floresta Amazônica. Agora percebo que estou lutando pela humanidade.” Chico Mendes

JUNTE-SE A NÓS E VAMOS DEFENDER O QUE AINDA NOS RESTA DA FAUNA E FLORA DE NOSSO PLANETA! JUNTOS SOMOS FORTES!

Categorias: Manifesto | Deixe um comentário

RELEASE: LANÇAMENTO DA COALIZÃO DIA 29/04, NA UFSCAR SOROCABA

Durante o evento IV Abril Vermelho UFSCar Sorocaba: 18 ANOS do MASSACRE de ELDORADO DOS CARAJÁS, a COALIZÃO EM DEFESA DA FLORESTA IPANEMA será lançada, com a divulgação de um manifesto, uma proposta de moção a ser publicada em nome dos participantes do evento e um convite para caminharmos juntos na luta pela preservação ambiental em nossa região.

A COALIZÃO EM DEFESA DA FLORESTA IPANEMA é um grupo supra-partidário, formado por entidades da sociedade civil, movimentos sociais, coletivos, cidadãos e cidadãs das cidades que formam a região Sorocabana, que estão absurdamente indignados com o poder público e suas irresponsabilidades gerais. Em pauta está uma das principais reservas ambientais da região, a Floresta Nacional de Ipanema, que vem sofrendo muito na mão de governos comprados ou incompetentes e empresas gananciosas que não enxergam um palmo a frente de seus narizes, ofuscados por seus mesquinhos desejos egoístas de sucesso, poder e lucro a qualquer preço.

Como assim não pode ter camponês reflorestando áreas degradadas a partir de técnicas agroflorestais – que são as mais avançadas tecnologias da agricultura ecológica -, mas podem explodir tudo para extrair minério, deixando rastros de destruição e contaminação durante o processo, podem jogar lixo indiscriminadamente e fazer merda nuclear sem a mínima cerimônia? Não, não pode! Não passarão!

 SOMOS DEFINITIVAMENTE CONTRA:

  • A exploração de minério na FLONA (ou em qualquer outra área preservada);
  • O desenvolvimento de tecnologia Nuclear em solo brasileiro (ou em qualquer outro território do planeta);
  • A instalação de um aterro sanitário na FLONA (ou em qualquer outro local);
  • O tratamento preconceituoso empregado aos camponeses assentados na região (ou a qualquer outra pessoa ou grupo social);

Junte-se a nós e vamos defender o que ainda resta de nossa fauna e flora. Juntos somos fortes!

Veja quem já está conosco e cadastre sua organização!

Saiba mais sobre o IV Abril vermelho!

Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Frente de Preservação Comunitária

A Frente de Preservação Comunitária é um coletivo que reúne moradores, ambientalistas e entidades da região de Sorocaba pela Preservação Ambiental.

A seguir suas principais reivindicações:

  • Veto à concessão de exploração de mineração na Floresta Nacional de Ipanema;
  • Declaração dos municípios da Região Metropolitana de Sorocaba de que são contra a exploração da energia e tecnologia Nuclear e proibição de qualquer instalação com essa finalidade na região;
  • Preservação da área Ambiental do Parque das Laranjeiras e todas as nascentes, córregos e pequenas florestas urbanas, transformando algumas áreas em áreas de educação ambiental para a população.
  •  Que todos as redes de esgoto que são lançado nos córregos empresas e residências sejam devidamente canalizados e depositado na linha de esgoto e não nos córregos e nascentes como vem acontecendo.
  •  Plantio de mudas em torno dos córregos e das nascentes para assim preservar o ambiente.

Segue abaixo as atividades programadas da Frente de Preservação Comunitária

20/07 – Mutirão para a Limpeza da Área ambiental do Parque das Laranjeiras
Local: Casa do Cidadão da Avenida Itavuvu – As 10 horas

 30/07 – Conferência Regional do Meio Ambiente (Unip)

Categorias: Sem categoria | 1 Comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.